11 fevereiro 2008

Memória


Estou a esquecer-me de ti. Talvez porque nada tenhas feito para continuar prisioneiro da minha memória.
Queria que ficasses.
Tento recuperar momentos, imagens. Procuro os sentimentos que outrora me faziam mergulhar em silêncios profundos, noutras latitudes e noutras naturezas.

Quebrou-se a magia que pairava sobre ti.

Vá lá, volta de novo, com essa tua teimosia em aparecer quando eu já não quero...mesmo querendo!

Não esperava que fosse tão fácil deixar-te lá longe. Não queria que o teu vazio se preenchesse como se nunca tivesse existido.
Tempo gasto, estórias perdidas na rua, recordações...tantas palavras por ti e para ti.
Dias inteiros na minha memória, como se fosses ficar para sempre. E agora?
Tento lembrar-te à força quando já começas a desvanecer em mim. Tento por teimosia, por orgulho, por egoísmo.
Simplesmente para que não seja vão este tempo que me demorei em ti.

1 comentários:

Helena disse...

cabo verde faz -te mal!!!

conheço um SPA em Amares que é o máximo..
talvez relaxes e comeces a pensar claro.... novamente!!!

http://www.termasdecaldelas.com/

aproveita e traz a Gisela..
também anda a precisar..

Sois do piorio.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons