11 janeiro 2008

Onde estás?


Tenho saudades tuas...
Saudades do teu sorriso e alegria contagiantes. Saudades de quando eramos só os dois e nada mais importava. Nessa altura, o relógio recusava-se a prosseguir e lá fora o mundo ficava em stand by à espera que resolvessemos voltar à vida real.

Sinto falta do teu calor, do teu jeito de me proteger, do teu lado humano e tão profundo... Daquele olhar meigo, quase infantil, quando te transformavas numa criança carente.

Juro que já te tentei procurar em toda a parte, procurar o que eras, o que eramos os dois... Mas nada.. apenas uns resquícios do passado que logo desaparecem como se fossem apenas breves memórias de um tempo muito longínquo.
Apetece-me gritar, ordenar-te que voltes e tragas contigo tudo o que a tua presença sempre foi para mim! Mas não consigo... O som não sai e o olhar, que sempre falou por nós, também já perdeu o brilho e a expressão de outros tempos. Se calhar porque simplesmente deixámos de nos olhar, ou de nos ver.
Quero reencontrar-te. Tenho saudades tuas.

2 comentários:

gicas disse...

Sem dúvida um dos teus mais bonitos posts...o segredo é nunca desistir daquilo que verdadeiramente desejamos...só assim a vida é vivida intensamente!Pensa nisso.

Pedro Moita disse...

Ei! Ei! Cu-Cu! Estou aqui. Parecia-te que andáva por fora, né? Mas não, sempre estive a teu lado. Sim, eu sei, talvez por vezes demasiado distante e diluido em pensamentos laborais.
Conta comigo, tu sabes que estarei sempre do teu lado.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Macys Printable Coupons